PT
|
EN
|
FR

Open Lisbon Logo

LisBOAideia

Have an idea for the City of Lisbon ?
Use this platform to submit it. It will be published and left open for public debate and comments.
The City Council of Lisbon will eventually take a decision concerning the viability of the implementation of the idea.
Get involved !

Some pieces of advice to submit a good idea

Explain your idea clearly, briefly and objectively
Try not to exceed 1500 characters
Avoid using overly technical terms
Clearly mention the benefits of your idea for the city
Illustrate your idea with pictures or videos whenever you can

Participation rules
183

Ideas

187

Comments

2087

Votes/likes

5

Ideas in technical evaluation

Shown topics 55
Infraestruturas Viárias, Mobilidade e Transportes
In Evaluation
user profile picture
André Santos
2018-04-16

Boa noite, Vivo no Príncipe Real há cerca de 7 anos e infelizmente sou um dos poucos residentes permanentes deste bairro. Como é do conhecimento generalizado, o eixo Príncipe Real/Bairro Alto é um dos principais, senão mesmo o principal centro de diversão noturna, o que provoca constrangimentos não só aos moradores como aos próprios utilizadores da zona. À semelhança do que acontece em várias cidades europeias e mundiais, sugiro que a partir das 18h00 de 6.ª feira e até às 23h00 de domingo, o eixo rodoviário que vai desde o largo do Rato até ao Cais do Sodré seja cortado ao trânsito, excluindo, claro está, os transportes públicos, táxis, moradores e serviços de abastecimento a estabelecimentos comerciais. Considerando que esta zona está muito bem servida pelas linhas de metro (estações do Rato, Avenida, Chiado e Restauradores) e pelos autocarros (758, 773; 727, 738,720, 774....) não há necessidade de ter a rua aberta ao trânsito. A CML tem de ser a favor dos transportes públicos e tem de promover a sua utilização, não faz sentido que nos fim‑de‑semana esta zona da cidade seja entupida por centenas de carros que estacionam em qualquer sítio, muitas vezes a “mando” dos arrumadores a quem dão muito dinheiro a ganhar, nomeadamente em cima de passeios (já de si bastantes estreitos), nos locais reservados a residentes (infelizmente ninguém fiscaliza ao fim de semana),

3 Votes
3 Comments

5

2

Educação
In Evaluation
user profile picture
Luciana Marques
2018-04-26

Esse Projecto implica em apresentar nas escolas, de maneira lúdica e educativa, a necessidade da educação financeira na infância e pré adolescência, para que, a partir daí, sejam preparados adultos prósperos e de sucesso, levando em conta que esse tema não faz parte da grade curricular, como também. muitos pais, por não terem tempo ou mesmo, conhecimentos para oferecer seus filhos, seria acrescentado de forma opcional, uma sequência de actividades separadas por níveis, não de idades e sim,através de um teste individual com cada interessado, pois o que será muito importante, será observar o ponto de partida e só então. determinarmos onde cada um pode chegar e com o acompanhamento dos pais, poder ser aplicado dinâmicas com resultados positivos . Haverá palestras iniciais de esclarecimento falando da importância de cada nível apresentado e que, embora seja um trabalho em equipa, será respeitado o desenvolvimento individual com acompanhamento psicopedagógico, podendo haver intervenção dos pais a qualquer período

6 Votes
3 Comments

7

1

Segurança e Proteção Civil
In Evaluation
user profile picture
Gonçalo Dores
2018-04-26

Trabalho numa das lojas da Rua da Madalena e assisto quase diariamente a roubos a turistas que visitam a nossa capital. Faço questão de avisar todos os clientes que recebo, que na Baixa e não só se têm assistido a estes "ataques". Por norma, os assaltantes são sempre os mesmos e fazem-se passar por turistas utilizando apenas um mapa, que por vezes utilizam para tapar a cara caso sejam descobertos. Já assisti a várias detenções por parte da Polícia ao pé da Igreja de São Nicolau mas para meu espanto, são libertados e, ironicamente, continuam os seus furtos. Como cidadão português, não suporto observar estas situações a passarem impunes pois, pelo que percebi, a lei portuguesa verifica-se impotente para de facto puder julgar estes indivíduos. Faço um apelo à Câmara Municipal de Lisboa, que instale nas zonas onde mais se verificam estes roubos, sinais de aviso, em como a zona é frequentada por carteiristas, de modo a pelo menos prevenir quem passeia e explora a nossa maravilhosa cidade, que só tem a perder com acontecimentos como estes. Em muitas capitais europeias já existem estes avisos e em nada prejudicam o comércio e turismo, caso seja esse o argumento contra a instalação destes avisos, apenas demonstra uma Câmara preocupada com os seus visitantes. Como português, peço à Câmara que tome uma atitude perante esta situação pois indivíduos que nem partilham a mesma Pátria que nós estão a transformá-la em algo bastante negativo.

9 Votes
1 Comments

10

1

Cultura
In Evaluation
user profile picture
Diego Alvarez
2018-05-15

Em Portugal os centros têm titulo.. un nome na porta...as escolas, as universidades ....mas o cemiterio dos Prazeres não...é o cemiterio mais visitado de Portugal , tem arte , historia, patrimonio etc...mas os turistas entram sem chegar a saber onde é que vaõ...Por exemplo o cemiterio de Alto de São João tem nome, data e ate a historia de quem fundou etc... O cemiterio dos Prazeres tivesse que ter informação o nome e data "1833"...assim ja as pessoas sabem que tem 185 anos!!! Passo um link quando fiz meu estagio lá..olhem foto três...http://www.cosmichouse.tziki.net/cemiterio-dos-prazeres-um-museu-a-ceu-aberto/ Link oficial do cemiterio http://www.cm-lisboa.pt/equipamentos/equipamento/info/cemiterio-dos-prazeres neste link Alto de São João onde podem ver a data na porta...com historia etc.. http://www.cm-lisboa.pt/en/equipments/equipment/info/cemiterio-alto-de-sao-joao Não tem sentido não haver "nome " nem data na porta... Obrigado.

2 Votes
1 Comments

3

1

Habitação e Desenvolvimento Local
In Evaluation
user profile picture
Raquel Serrano Faria
2018-05-29

Instituir a venda de garagem para dinamizar a reutilização e reciclagem de certa forma. A minha ideia passa por, 1 vez por mês, fazer uma venda de garagem em determinado bairro (Permissão da Câmara para utilização do espaço comum, disponibilização de bancas simples para que os cidadãos que se inscrevam e possam vender as suas coisas a terceiros em bom estado de conservação. O que não se vender durante os dias de venda de garagem (2 dias - um fim de semana num mês), pode ser doado (importante existir em cada venda, a presença de uma Instituição ou duas) Vantagens: - Cidadãos satisfeitos por fazerem negócio com coisas que já não pretendem; - Reciclagem e reutilização das coisas para quem compra; - Pagamento de taxa de inscrição na venda (10,00€ / exemplo) que reverte a favor de Lisboa para outras ações - Quem vende também pode comprar - Atracção de pessoas de Lisboa e de outras zonas aos bairros / atração de turistas / possível dinamização de negócios locais. Caso exista interesse gostaria de dinamizar este projeto.

5 Votes
2 Comments

6

1

Cultura
In Evaluation
user profile picture
Bruno Pereira
2018-06-06

O panorâmico de Monsanto fica situado no Alto da Serafina, em Monsanto. Por lá já passaram muitas empresas, tais como restaurantes, bares, Bingo, entre outras. Durante muitos anos este enigmático edifício esteve ao abandono, mas no passado dia 2 de Setembro de 2017, a câmara municipal de Lisboa realizou a abertura do mesmo ao público, como miradouro. Este conta com um horário de abertura das 9h às 19h e com um segurança para garantir a segurânça de todos os visitantes.. Propomos então a realização de um dia de música/arte no actual panorâmico de Monsanto, um "Sunset Party", de modo a dinamizar o espaço e a atrair pessoas que se interessem por uma vista imponente, e uma zona relaxante para um excelente final de tarde.

1 Votes
1 Comments

2

1