pt |

Lisboa tem uma posição clara em matéria de combate às Alterações Climáticas. 

Subscreveu o Pacto dos Autarcas para o Clima e Energia, comprometeu-se com os objetivos do Acordo de Paris, aderiu à Rede de Liderança Climática das C40 Cities e aprovou por unanimidade, em 2018, o Plano de Ação para as Energias Sustentáveis e o Clima (PAESC). 
Em 2020, Lisboa foi Capital Verde Europeia. Este galardão, que reconheceu a transformação da cidade na última década, renovou o compromisso para alcançar um melhor ambiente urbano até 2030. 
Já em 2022, aprovou o Plano de Ação Climática (PAC).
 

Para estarmos na linha da frente da concretização de uma agenda pela sustentabilidade tere­mos que trabalhar como um todo. Com esta ambição e na sequência do galardão Lisboa Capital Verde lançámos o desafio à cidade, designadamente às suas empresas e organizações, associações, instituições, públicas e privadas, para assumirem connosco o Compromisso Verde Lisboa - Empresas & Organizações, com uma agenda ambiciosa para a próxima déca­da sob o mote da sustentabilidade. 

Precisamos de si, da sua organização. O impacto de cada organização per se pode ser limitado, mas no seu todo transformaremos a cidade e afirmaremos Lisboa numa rede global de cidades. Esta afirmação global contribui para que a nossa voz seja ouvida, para que tenhamos um papel no desenvolvimento de políticas públicas e compromissos empresariais à escala global, e principalmente que valorizemos Lisboa e com ela todas as organizações que dela fazem parte. 

Para tal, convidamos a sua organização a subscrever o Compromisso Verde Lisboa – Empresas & Organizações, abraçando as várias áreas temáticas de intervenção. 

Áreas temáticas

Energia

Água

Economia Circular

Cidadania e Participação

Outras Medidas